sexta-feira, outubro 31, 2014

A historia do Halloween

Novamente,pra quem ainda não leu  e pra quem ja leu relembrar....


Todo ano nessa epoca,alguem me pergunta  se participo das festas de Halloween. Ficam admirados quando a minha resposta e' positiva. Por ser cristã protestante (não gosto dos termos "crente" ou "evangelico") algumas pessoas pensam que essa festa e' "proibida".Então explico a origem do Halloween :




Halloween tem  origem Celtica,um povo que viveu 2,000 BC na Irlanda. O chamado Samhaim era um festival  pagão onde se comemorava o final da ultima colheita do ano - a colheita do outono e começo do inverno. Comemorava-se com festas onde se fazia banquetes com os frutos da colheita e sacrificios com animais aos deuses Celticos.Fantasias de animais (feitas com o couro  e peles de animais)eram usadas durante o festival.
Centenas de anos depois, como aconteceu com todo festival de origem pagã, o Halloween foi transformado num festival cristão -o festival do "dia de todos os santos"( All Hallows Eve ). Nesse festival prestava-se homenagem a santos da igreja catolica fantasiando-se de santos, demônios ou animais -vestigios da antiga festa pagã e distribuia-se frutos da colheita.


O Halloween chegou aos EUA com os imigrantes europeus,principalmente os Irlandeses e Ingleses.Como na Europa, usava-se fantasias e visitava-se vizinhos onde recebiam uma fruta ou vegetal- fruto da colheita.O vizinho que não desse um presente("treat") ,era ameaçado com uma travessura  ("trick"),  como por exemplo, jogar ovos na casa ou "enfeitar" a casa com papel higienico.

Com o tempo, os frutos da colheita transformaram-se em doces. Hoje em dia no dia 31 de Outubro criancas fantasiadas saem `as ruas ao escurecer do dia ( 18 horas) e  por duas horas,batem as portas dos vizinhos gritando "Trick or Treat" (truque ou doce").  São reconpensados com doces variados que colocam na sua bolsinha de Halloween (geralmente em forma de abobora).
E falando em abobora...


A tradição de transformar aboboras em lanternas com desenhos e' uma tradição  originada na Irlanda. Na tradição  usava-se um nabo,onde se tirava todo o interior e colocava-se uma vela dentro. O nabo era então colocado nas portas das casas para iluminar a noite e espantar as trevas da nova estação -inverno.Na Inglaterra usava-se uma beterraba. Ao chegar nos EUA, imigrates notaram que esta e' a epoca de aboboras aqui. Sendo maior e mais facil de manipular, a abobora substituiu o nabo e a beterraba nas portas das casas.O nome Jack- o'-Lantern que e' dado a essas aboboras origina-se de uma lenda Irlandesa onde um Homen chamado Jack engana o demônio...


Como podem ver, Halloween não tem nada a ver com bruxas. O termo "Dia das Bruxas" não faz sentido.
Na verdade, por centenas de anos Halloween tem sido um festival cristão. Apenas recentemente tem-se  dado um ênfase 'a magia e mal. Mas a realidade e' que Halloween, e', na sua grande maioria, uma festa infantil. Uma festa divertida onde por uma noite crianças e adultos vivem suas fantasias e se enchem de doce...



3 comentários:

Cláudia Ramalho disse...

Clau,
O que eu mais gosto do seu blog é que eu aprendo a origem das coisas. Cada prato, cada ingrediente, cada data comemorativa, gsoto quando vc faz uma introdução sobre tudo isso.
Admiro o respeito que vc tem pela cultura americana e o modo como se adaptou a ela.
Não sei se eu me incorporaria de tal forma. Acho tudo isso tão diferente do meu mundo... como se fosse trecho um filme de cinema...

Espero que tenha deixado para trás as dificuldades de que falou outro dia.

Um abraço.

Claudia de Paula disse...

Oi Claudia !

O brigada pelo comentario !
Eu gosto de saber da historia de tudo,do por que que agente faz o que faz,comemora o que comemora. Nao gosto de ir seguindo tradicoes sem saber as origens; pode ser que nao goste ou concorde com elas...
Eu nao sei se me adptaria aos EUA se tivesse chegado aqui depois de casada,com filhos. Eu formei a minha familia aqui e por isso achei ser minha obrigacao entender de tudo sobre os costumes e tradicoes deste povo.
A festa de Halloween tem sido muito criticada pelos cristoes americanos e do mundo todo. Achei muito importante dismificar esta festa esclarecendo suas origens.
Depois te mando uma mensagem no seu e-mail.

Bjs !

eu, Lila Cassini disse...

Eu não sabia que era festa cristã!O mundo sempre transformando as coisas do bem em atração pagã.
Valeu Clau, Beijo, Lila