sexta-feira, fevereiro 13, 2015

Valentines Day



Dia 14 de Fevereiro comemora-se, aqui na America, o  "Valentines Day, " ou dia de São Valentim.
 Muitas pesoas confundem este dia com o dia dos namorados no Brasil. Mas são duas comemorações bem diferentes. O dia dos namorados foi inventado para melhorar o comercio no Brasil no mês de junho -o mais fraco em termos de vendas, e e' apenas para os namorados,casados e noivos. O dia de São Valentim comemorado aqui tem uma historia antiga,bonita e romântica,embora tragica ...
Para explicar essa comemoração tão famosa, tenho que começar pela historia que se passa no seculo III, durante o Imperio Romano.
O Imperio de Roma tinha um vasto exercito. O imperador Claudius II , no entanto, queria que seu exercito fosse o maior e mais forte de todos. Por achar que seus soldados estavam muito distraidos com relações amorosas, decidiu baixar um decreto proibindo qualquer casamento. Naquela epoca existia um padre chamado Valentim, que muito caridoso, se recusou a obedecer o decreto e continuou realizando casamentos `as escondidas. Quando soube disso, o imperador de Roma, enfurecido jogou o padre no carcere, e o condenou a morte. Valentim passou muito tempo na prisão, e la', recebia diversas cartas, bilhetes e pequenos presentes (como flores e doces) de casais agradecidos, amigos e parentes. Tambem conta-se que enquanto esperava o dia de sua execução, ele teria se apaixonado pela filha do carcereiro. Mandava cartas e bilhetes `a sua amada, sempre assinados "do seu Valentim". Sua execução aconteceu no dia 14 de Fevereiro da era Cristã. Desde então, neste dia, e' costume enviar-se cartões, cartas, flores e
 presentes `a pessoa amada, assinando : "do seu Valentim". Alias, o termo "valentine"tornou-se sinônimo de coração, namorado(a), querido(a) e amor.




O costume de mandar cartões, presentes e flores inclui não so' esposos e namorados, mas tambem amigos, parentes e qualquer pessoa querida. Nas escolas crianças trocam pequenos envelopes contendo cartões com palavras carinhosas alem de balas, doces e pequenos chocolates em forma de coração. Estas balinhas em formato de coração tem impressos os dizeres amorosos :" te amo", "amor verdadeiro", "amigo", "me beije"etc.. São as balas mais vendidas no Valentines day.
Neste dia, cerca de 180 milhões de rosas vermelhas são presenteadas, 36 milhões de caixas de chocolate em forma de coração são entregues para pessoas amadas e aproximadamente 14 bilhões de dolares em cartões, são vendidos. Valentines Day so' perde para o natal em termos de venda de cartões. Outra tradição norte-americana, e' a das crianças fazerem cartões em casa para depois presentear `a parentes,amigos e professores.







Durante Valentines Day os restaurantes ficam lotados com casais apaixonados,muitos dos quais escolhem esta ocasião para ficarem noivos.Muitas cerimonias de casamento tambem são realizadas neste dia.

Fora o carater comercial da data, é uma comemoração muito bonita. Afinal, não ha problema algum em usarmos qualquer desculpa para demonstrarmos amor `a outra pessoa.

6 comentários:

Lenita disse...

Muito legal, Claudinha. Você, como sempre, nos ensinando mais coisas aí dos EUA. Tô esperando meus doces, meus cartões, enfim tudo o que me quiser mandar...KKKKKKKK Bjs

Anne disse...

Acho tão bonitinha essa história do São Valentim. Sempre me emociona quando leio.
Beijinhos,
=^.^=

Paula disse...

Claudinha, que legal essa história, e concordo contigo, não importa o dia, todo dia é dia de dizer eu te amo!
Adorei as fotos da neve, mas preferi comentar aqui mesmo...Nossa, não sei se me acostumaria com esse gelo todo...
Uma semana iluminada e bem aquecida para vc!!

Paula Pacheco disse...

Menina...desconhecia essa historia, e adorei conhecê-la, que interessante, cartões para todos que você gosta, hum gostei da idéia,
Suas sugestões para as massas estão deliciosas, a minha preferida é de maionese nham nham nahm
bjs
Paula

Claudia Bins (Cacau) disse...

Que delícia! Não conhecia a história da data e adorei!

Cacau

Juliana Leal Valera disse...

Oi, Claudia! Vim conhecer seu blog e me identifiquei muito! Também moro aqui na região nordeste dos EUA... Bom, vou ler seus posts mais antigos.
Beijo